sábado, 28 de novembro de 2015

Geada... !


Em tempo de Outono alto, quando a seguinte Estação do ano se aproxima, o Inverno já se faz sentir com maior rigor. Como já se vê bem no aspeto paisagístico também da área da vila da Longra, na parte baixa da zona sul felgueirense, e naturalmente em muitas zonas mais do concelho e pela região. Sendo evidência disso o aparecimento de geada, popularmente por estas zonas chamada de neve (pela raridade da própria neve, mais conhecida por “folerca”, como é também mais acotiado chamar à folheca, que apenas cai de longe a longe, com espaço temporal de muitos anos).

Eis aí então a geada! Cobrindo a paisagem dum fino manto branco, pela rama dos campos e pó dos caminhos e ruas, como se tivesse sido lançada farinha que se espalhou e cobre levemente a natureza.

Como é chamada neve por cá, assim, e tem semelhanças pela manhã cedo, a geada que aparece ao raiar do dia e se vê até que o sol derreta a cobertura, faz lembrar aquela Balada da Neve do conhecido poeta nacional Augusto Gil:

«…branca e leve, branca e fria…
Há quanto tempo a não via!
(…)
Pôs tudo da cor do linho.
Passa gente e, quando passa,
os passos imprime e traça
na brancura do caminho…»



((( Clicar sobre as imagens, para ampliar )))


Armando Pinto

Um comentário:

  1. Por instantes foi ilustrada de todas as cores a nossa meninice.

    ResponderExcluir