segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Ligação Filatélica - a propósito de recordar a 1ª Exposição Museológico-Postal da Longra...


1ª Semana Cultural / Mostra Filatélica e Documental da Longra - 1995

(Notícia divulgativa no "Semanário de Felgueiras" de 07/7/1995)

Foi um acontecimento, como não tinha ainda havido muitos por estas bandas, a Semana Cultural realizada na Longra em 1995, através de uma Mostra Filatélica e uma exposição documental que levou o nome da então povoação da Longra até horizontes interessantes, ao longe e também ao perto. Disso deram conta algumas notas noticiosas, como relembramos.

Do  "Sovela", de 14 de Julho de 1995:


in "O Comércio do Porto" de 20 / 7 e "Sovela" de 21 / 7:

e no "Semanário de Felgueiras" também de 21/ 7 / 95:


... Enquanto do programa e adereços, desse tempo em que o autor estava na Direcção da Casa do Povo da Longra e consequentemente meteu ombros à organização desta realização, guardamos alguns exemplares das iniciativas, como mostramos aqui, em imagens digitalizadas...



Aspecto do Desfile da Mala-Posta, alusiva aos inícios do Correio da Longra... e

...qual recordação pessoal, relacionada com envolvimento na organização, uma pose fixando cenário da exposição conjunta sobre Francisco Pimentel e Correio da Longra - na Casa do Povo da Longra = de 08 a 15 de Julho de 1995.



E tudo isso teve na época e pelos tempos adiante uma repercussão vasta, como se pode explanar.

Então, em referência à Mostra Filatélica organizada em 1995, na então povoação da Longra (agora vila), recorda-se aqui e agora algo dessa exposição, através de descrição e colocação de imagens relacionadas ao evento, como gravuras de edições alusivas dum inteiro postal e carimbo comemorativo, também.


No contexto, defina-se o motivo principal, para melhor explanação:

Ligação Filatélica - Passatempo deveras entranhado no quotidiano de muita gente é o coleccionismo, havendo quem junte os mais diversos tipos de objectos e valores por esse gosto afectivo, no sentido de historicidade e documentação ou no simples prazer de posse. E, entre os diferentes géneros de coleccionismo há a filatelia, relativa à colecção de selos postais, mas também de outras variantes derivadas, como inteiros postais, carimbos comemorativos e demais adereços. Faceta angariadora que é das modalidades temáticas coleccionistas que terá mais adeptos, ganhando a filatelia contornos muito vastos.


... Concentração popular, em frente ao edifício da Casa do Povo, para ver um voo simbólico, quando depois, conforme programado, uma avioneta sobrevoou a Longra, relembrando a viagem pioneira do personagem que estava também a ser homenageado (F. Sarmento Pimentel).…


Vista parcial da 1ª exposição filatélica realizada no concelho de Felgueiras – Mostra da Longra/95

O fenómeno do coleccionismo filatélico, juntando a função utilitária de artefactos de correio com a sua preservação e valorização, tornou-se assim marcante numa sociedade dada a valores. Abarcando proximidade a aspectos estudiosos de assuntos identificativos, pela memória que é preservada em estampilhas e marcas postais, podendo estimular outra atenção pelo património dos mais diversos campos da cultura, contribui, dentro do seu género, para o enriquecimento de tudo o que faz parte da memória terrena.

Ora, assim sendo, também por terras de Felgueiras sempre houve e ainda há filatelistas, coleccionadores de selos e mesmo amantes das outras diversas modalidades filatélicas, mas sobretudo, há ligação Felgueirense à história da filatelia nacional. Tendo-se realizado no concelho de Felgueiras eventos característicos de mostras filatélicas, numa das quais inclusive com exposição de afinidade museológica, bem como Felgueiras viu gerados em si personagens que se revelaram salientes dentro do mesmo meio, dois dos quais estão considerados historicamente como Vultos da Filatelia Portuguesa – o Coronel Andrêa Ferreira e Henrique Barbosa Mendonça (este natural de Rande, onde residiu às portas da Longra), incluídos que foram estes dois Felgueirenses de tempos idos em galeria inserta num livro do Dr. Paulo Sá Machado, englobando selecção de personalidades do sector, com sintomático título de “Vultos da Filatelia - I Volume”.


- No dia da Abertura da I Mostra Filatélica da Longra – chegada, à Casa do Povo, do cortejo etnográfico a recrear a Mala-Posta (relacionando ao tempo da abertura da Estação do Correio da Longra, a que respeitava a comemoração paralela).

Pautada com essa vertente de pesquisa lúdica, reunião e catalogação, que é afinal o coleccionismo de valores postais, o concelho de Felgueiras também teve realizações divulgativas de áreas filatélicas, mediante exposições dedicadas a essas formas de arte. Primeiro aconteceu na então povoação da Longra, com a organização da 1ª Mostra Filatélica e Exposição Museológico-Postal da Casa do Povo da Longra, realizada na Casa do Povo local em Julho de 1995, comemorativa do centenário do aviador Francisco Sarmento Pimentel e do octogenário da Estação do Correio da Longra (onde, durante uma semana e entre numeroso material, esteve exposto precioso selo de D. Maria II, um exemplar do 1º selo português, saído em Julho de 1853, e houve carimbo comemorativo alusivo do evento).
Depois, em Outubro seguinte, a sede concelhia seguiu as pisadas com o 1º Salão Filatélico da Cidade de Felgueiras, exposição inserida então, em Outubro de 1995, na comemoração da outorga do Foral Manuelino de 1514.
E, por fim, em Junho de 1996 houve a 1ª Mostra Filatélica da Lixa, realizada no âmbito das comemorações do primeiro aniversário da Cidade da Lixa.

~~~ + ~~~
Sobre a ocorrência da Mostra da Longra / 95, convirá acrescentar, para memória e reposição da verdade, que, tendo sido comemorada a efeméride do correio da Longra no tempo em questão, isso aconteceu naquele ano para, a pedido dos responsáveis dos CTT (que incluíram a comissão organizadora da Exposição inserida na semana cultural de 1995), assim fazer coincidir com o âmbito da realização da Mostra Filatélica então realizada. Estando aquela época ainda dentro do período de um ano relativamente à oficialização, de 1914, da estação do correio local. Porém, anteriormente, em 1913, tinha havido recolocação desse serviço através de Despacho de 1913 (quando houve nomeação oficial de um funcionário, que anteriormente funcionava noutro regime), com respeito à criação do correio que foi em 1911 – conforme está historiado no livro "Memorial Histórico de Rande e Alfozes de Felgueiras". Por esse motivo, na ocasião, ficou assente que se houvesse organização de qualquer comemoração em tempo seguinte, e, atendendo às entidades que por tradição costumam organizar eventos na região, ou seja a Junta de Freguesia de Rande e a Casa do Povo da Longra, quais representantes à época mais recente, deveria haver atenção que se os organizadores fossem os mesmos ou pessoas conhecedoras da história local e do facto em questão (além de entusiastas de preservação da identidade local e direitos históricos), seria tido em conta, a partir dali, o ano do princípio, ou seja a verdadeira criação em 1911. Apenas que o que se passou depois alterou toda a panorâmica, visto em 2011, no ano em que o Correio da Longra perfazia 100 anos, ter sido oficialmente encerrada a respetiva Estação, substituída que foi por um posto adstrito ao edifício da Junta de Freguesia de Rande.

Sobre o início do Correio na Longra, aliás, já ficou também, e desde logo, registado o facto no livro editado aquando da Mostra Filatélica e exposição Museológica, em apreço.

Livro comemorativo, esse - esgotado no próprio dia da apresentação - que escrevemos para a ocasião e foi publicado em Julho de 1995 (que aqui se insere, abaixo, com as respectivas páginas ilustrativas, exceptuando as restantes páginas de imagens e anúncios das empresas patrocinadoras):













Como recordação documental - atendendo a haver sempre interessados em colecionismo postal que, se na altura devida não tiveram oportunidade, gostarão de ver algo relacionado - juntamos aqui diversos artefactos devidamente obliterados com o carimbo alusivo, desde provas e projetos anteriores, como inteiros postais e outras lembranças. 


Armando Pinto
(Clicar sobre as imagens para ampliar / ler)

Nenhum comentário:

Postar um comentário