terça-feira, 20 de maio de 2014

Longra: 100 anos após a passagem do comboio...


Passado um século desde que houve festivo começo do transporte ferroviário que passava na então povoação da Longra, está-se em período comemorativo dessa efeméride. Cujo programa teve início no próprio dia em que se completaram 100 anos desde então, comemorado com uma exposição na biblioteca de Felgueiras, reportando mostra de fotografias de outras estações desativadas de diversas vias férreas. A cujo ato estiveram presentes alguns naturais da Longra, a título particular e pessoal, notando-se contudo a falta de representantes oficiais do poder local. 

A mesma comemoração irá, por fim, ter sequência no próximo dia 31, com uma sessão solene na Casa de Valdomar, englobando homenagem ao Conselheiro de Rande, Dr. António Barbosa Mendonça, como elemento influente na existência do comboio que passou na Longra. Segundo foi explicado ao autor destas linhas, aquele tributo não ocorrerá na Casa de Rande, onde viveu o Conselheiro, por falta de condições atuais do mesmo solar; motivo que leva aquela evocação a ir ter lugar em Valdomar, precisamente devido a melhor situação de conservação, acrescido do facto daquela casa ter pertencido também à família direta do Conselheiro - ali tendo vivido duas suas irmãs solteiras, senhoras de grande respeito, que foram deveras salientes na vida local de outrora, in illo tempore.

Em vista disso, junta-se imagens da Longra atual, através de sequência panorâmica do centro da Vila da Longra e junção do diploma da aprovação da mesma, conforme página da agenda municipal, contendo fotos do arquivo pessoal do autor e gestor deste blogue.

Armando Pinto

((( Clicar sobre a imagem digitalizada, para ampliar )))

Nenhum comentário:

Postar um comentário