quinta-feira, 29 de maio de 2014

Comemoração do 1º centenário da chegada do comboio à Longra

Passam 100 anos desde que o comboio do Vale do Sousa, o chamado Comboio de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios, entrou pelas terras de Felgueiras, na chegada inicial à Longra.

Desse célebre comboio narramos as histórias gerais e suas particularidades, na ligação à região da Longra, no livro "Memorial Histórico de Rande e Alfozes de Felgueiras". Tendo nesse volume deixado um capítulo dedicado a esse benefício local, desde aquelas histórias famosas do romance do maquinista com uma tal Carmindinha, a morte do sr. Canivete, as paragens no Largo da Longra, a curiosidade do Conselheiro esperar o comboio ao fundo da alameda da sua Casa de Rande, até aos casos do limpa-quelhas, etc. etc.

Entretanto, desse facto histórico, atente-se na descrição coeva, conforme foi explanado n' O Jornal de Felgueiras, à época.

((( CLICAR sobre estas páginas digitalizadas - para AMPLIAR )))

***
~~~ Comemorações do centenário da chegada do comboio a Felgueiras ~~~
2014 é um ano de comemorações em Felgueiras. O município comemora, entre outras efemérides, os 500 anos da outorga do Foral à terra de Felgueiras, em Outubro, e o centenário da chegada da linha férrea ao concelho, desde Maio até Setembro.
No passado dia 10 de Maio assinalava-se uma importante data, o centenário da chegada do primeiro comboio à Longra. 
A celebração desse momento, fundamental para o desenvolvimento do concelho, foi assinalada com a inauguração de uma exposição de fotografia de Sílvia Gonçalves, intitulada "Estações Esquecidas", na Biblioteca Municipal de Felgueiras, durante a tarde desse sábado, com a presença de algumas pessoas da Longra, mas não entidades representativas do poder local, tal como o autor presenciou. Conforme aliás registamos em artigo anterior neste blogue.
As comemorações continuam agora no último dia  deste mesmo mês de Maio. Estando para o dia 31 programada uma cerimónia protocolar de descerramento de uma placa comemorativa, junto ao local da Estação respetiva, no lugar do mesmo nome, na proximidade da Ponte..
No mesmo dia, será prestada uma homenagem ao Conselheiro Dr. António Barbosa Mendonça, nascido em Rande, a 7 de Dezembro de 1858 e falecido a 3 de Agosto de 1932 nesta mesma freguesia. Formado em Direito pela Universidade de Coimbra, foi administrador do Concelho e Presidente da Câmara Municipal de Felgueiras de 1893 a 1901. Tendo sido renomado jornalista fundador do jornal “A Semana de Felgueiras” e o grande impulsionador da chegada do Caminho-de-ferro até à Longra, cuja ocorrência se materializou no dia 10 de Maio de 1914.
A cerimónia terá uma alocução sobre o Conselheiro de Rande, pelo Dr. Albano Mendonça, atual representante da família Barbosa Mendonça e proprietário da Casa de Valdomar, onde se desenrola a sessão: Culminando, por fim, com a apresentação do livro “O Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios” pelo seu autor Dr. José Fernando Coelho Ferreira (de Penafiel), na mesma Casa de Valdomar.

(Em tempos próximos, as comemorações do centenário da chegada do comboio ao concelho decorrerão até ao final do ano 2014, e contemplam a celebração do centésimo aniversário da chegada de este meio de transporte a Felgueiras e à Lixa a assinalar nos meses de Junho e Setembro respetivamente.)

O cartaz oficial, porém, contém algumas indicações que já sofreram alterações, conforme se pode verificar. Porém, como até hoje não se viram exemplares desses afixados em locais públicos da Longra, pelo menos entre os mais frequentados, valerão as indicações que acima referimos. 

A. P.

Um comentário:

  1. A concentração deve ser em frente à farmácia e segue tudo em marcha com a banda até ao lugar da Estação, junto à ponte.

    ResponderExcluir