segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Apresentação pública do livro “Luís Gonçalves: Amanuense-Engenheiro da Casa das Torres”



Já foi apresentado, no passado Sábado dia 25, o livro a que nos dedicamos para homenagear mais um felgueirense daqueles que deixaram marca - no caso, o autor da Casa das Torres de Felgueiras, sua emblemática obra.


Foi uma agradável tarde passada, essa que então ocorreu naquele palacete, conforme foi amplamente noticiado. Ficando em mãos dos interessados pela memória coletiva mais umas páginas historiadoras, desta feita em memória do mestre projetista da mesma casa.


O livro, patricinado pela IMO, importante firma metalúrgica da vila da Longra, teve lançamento em sessão alusiva na cidade de Felgueiras. Com entrada livre, na própria casa planeada pela ciência de Luís Gonçalves, o homenageado com esse livro biográfico, da autoria do também autor deste blogue, naturalmente. Obra histórico-literária, com 60 páginas, que conta a história da casa e do seu autor. Apenas com intuito de preservação memorial, por parte do autor, tanto que o respetivo produto (da venda do livro)  reverte para uma causa, cujo destino está sugerido no próprio livro.


A realização foi levada a efeito em sessão na própria casa, pela ligação lógica ao acontecimento. Na ocasião esteve também patente ao público uma exposição com objetos pessoais do homenageado e algumas alfaias de carácter etnográfico da época de Luís Gonçalves. O ato foi abrilhantado ainda com atuação de um dos mais prestigiados agrupamentos do concelho, o Rancho Folclórico de Varziela, que, por prestimosa colaboração do amigo Agostinho Barbosa, participou no enquadramento ambiental e atuou antes da sessão, através de algumas cantigas de antigo uso.


A sessão propriamente teve mesa de honra formada pelo sr. Presidente da Câmara Municipal de Felgueiras, Dr. Inácio Ribeiro; senhora Vereadora da Cultura Municipal, Drª Carla Meireles; sr. Prof. Pedro Araújo, que foi o apresentador oficial da obra; sr. Engº António Pedro Noronha Sousa, prefaciador do livro e bisneto do homenageado; sr. António Ferreira Gonçalves, neto do homenageado e principal impulsionador da obra; mais o autor do livro.


Com grande afluência de público, em bom número e, sobretudo, numa manifesta presença deveras interessante, o ato decorreu sob atmosfera contagiante de familiaridade e Felgueirismo, a pontos de deixar muito boas recordações e perenes ligações.


Dessa jornada cultural e realização de ampla abrangência, juntam-se algumas imagens elucidativas, neste espaço de memória local, igualmente.


Armando Pinto
»»» CLICAR sobre as imagens, para AMPLIAR «««

Um comentário:

  1. O Drº Manel Faria tinha razão ao dizer no grupo dos felgueirenses no face que o Armando Pinto é qualquer coisa, isto é não é qualquer um que faz estes trabalhos.
    Disse ele que é"no meu ponto de vista, o Sr. Armando Pinto, o felgueirense vivo que mais sabe da história do concelho, das suas tradições e das suas gentes.
    Nem a propósito: apresenta no próximo dia 25 de Janeiro mais um livro - Luis Gonçalves: Amanuense-Engenheiro da Casa das Torres.
    O Sr. Pinto entre outros predicados, perdoem-me os que possam discordar, é um notável colaborador do SF - Semanário de Felgueiras, e um " portista" de bandeira e cachecol...sempre com muito fervor."

    ResponderExcluir